Após faltar aula, jovem é morta a facadas pelo próprio padrasto

'Matei por não respeitar. Perdoa, Deus', escreveu o homem em uma agenda

Por O Dia

'Matei por não respeitar. Perdoa, Deus', escreveu o suspeito em uma agendaReprodução / Facebook

São Paulo - Uma jovem foi assassinada pelo próprio padrasto após faltar uma aula na última terça-feira, no bairro de Potuverá, em Itapecerica da Serra, na Região Metropolitana de São Paulo. O crime aconteceu na residência onde os dois moravam.

Segundo informações da Polícia Civil de São Paulo, após ter matado Larissa Gabrielle, de 18 anos, o acusado, Leandro Godofredo Garcia, de 41 anos, teria tentado suicídio com uma faca. Ele foi encontrado pela polícia consciente e com alguns ferimentos.

De acordo com o boletim de ocorrência, o suspeito teria se irritado com a jovem por ela ter faltado a escola. Após uma discussão, o padrasto desferiu diversas facadas na vítima. Larissa Gabrielle foi encontrada com perfurações no tórax, braço esquerdo e costas.

Duas facas foram encaminhadas para a perícia. Próximo ao corpo da vítima, os policiais encontraram a agenda do suspeito com um pedido de perdão. "Matei por não respeitar. Perdoa, Deus".

A morte prematura da jovem chocou a cidade e gerou diversas homenagens nas redes sociais. "Uma pessoa que eu contava para tudo. Não tenho palavras para descrever o que eu estou sentindo. É tudo tão ruim. Meu Deus, como eu queria que isso fosse um pesadelo", escreveu uma amiga da vítima. "Hoje o céu está em festa! Deus levou a nossa princesa", postou outra. 

Leandro Godofredo foi socorrido e encaminhado para um hospital da região onde permacece sob escolta policial. O enterro da jovem ocorreu nesta quarta-feira no Cemitério e Crematório Horto da Paz. O caso está sendo investigado pela 1° Delegacia de Itapecerica da Serra.


Últimas de _legado_Brasil