Poder executivo federal: Mais rapidez no consignado

Sistema vai propiciar o acompanhamento de todas as fases do processo por parte das consignatárias, órgãos de controle e pelos técnicos e dirigentes da Segep/MP, em tempo real

Por O Dia

Rio - A Secretaria de Gestão Pública do Ministério do Planejamento (Segep/MP) lançou ontem um novo sistema de cadastramento e recadastramento das instituições bancárias que oferecem o serviço de crédito consignado com descontos na folha de pagamentos dos servidores do Poder Executivo. De acordo com a pasta, o modelo vai possibilitar mais agilidade, transparência e segurança, tanto para o governo, quanto para as entidades e os servidores.

O sistema vai propiciar o acompanhamento de todas as fases do processo por parte das consignatárias, órgãos de controle e pelos técnicos e dirigentes da Segep/MP, em tempo real. Além disso, as instituições precisarão obrigatoriamente de certificado digital no padrão ICP-Brasil ITI e terão que comprovar regularidade fiscal, entre outras exigências.

Outra mudança é com relação à vigência dos convênios firmados com a secretaria, que deixa de ser anual e passa a ser de 60 meses, com validações automáticas de documentação a cada ano.

O recadastramento no modelo anterior exigia, anualmente, a apresentação de todos os documentos.
Com essas modificações, o prazo para tramitação e análise, que levava até 30 dias para conclusão do processo de deferimento ou indeferimento da consignatária, será reduzido para um dia, diz Segep.

Últimas de _legado_Economia