Jovem italiano morre atingido por cruz dedicada ao papa João Paulo II

Marco Gusmini de 21 anos morreu após uma cruz de 1998 cair em cima dele

Por O Dia

Roma - Um jovem de 21 anos morreu nesta quinta-feira na cidade italiana de Cevo, na província de Brescia norte da Itália, após a queda de uma enorme cruz eregida em 1998 em homenagem ao papa João Paulo II, que será canonizado no próximo domingo.

Segundo as primeiras investigações divulgadas pela imprensa local, a cruz pode ter caído por conta dos fortes ventos que nas últimas horas castigou esta região montanhosa, próxima aos Alpes. Os mesmos meios de comunicação recolheram as declarações do prefeito de Cevo, Silvio Citroni, que explicou que o jovem, que foi identificado como Marco Gusmini, de 21 anos, estava comendo com seus amigos quando foram ouvidos barulhos procedentes da estrutura, que pouco tempo depois veio abaixo. Embora os jovens tenham conseguido se salvar ao sair correndo em todas as direções, Gusmini, "infelizmente, correu na direção errada", lamentou o prefeito.

A estrutura consiste em uma grande cruz de 30 metros de altura na qual aparece crucificado um Cristo de seis metros e 300 quilos. A cruz foi construída pelo artista Enrico Job e foi colocada no local em 1998 por conta da visita de João Paulo II a Brescia durante as celebrações pelo centenário do nascimento do papa Paulo VI.

Desde sua construção, a cruz se transformou em um habitual destino para os peregrinos que viajam para Itália. Por enquanto, o prefeito anunciou o cancelamento de todos os eventos previstos na cidade para celebrar a canonização de JoãoPaulo II, junto ao também papa João XXIII.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência