Ataque com drone no Iêmen deixa três supostos membros da Al Qaeda mortos

Este é o primeiro ataque dos EUA no Iêmen em 2015

Por O Dia

Iêmen - Pelo menos três supostos terroristas da organização Al Qaeda morreram nesta segunda-feira em um ataque aéreo efetuado por um avião americano não-tripulado no centro do Iêmen, o primeiro desde o início do ano. Fontes tribais disseram à Agência Efe que o avião lançou um míssil contra um veículo no qual viajavam os três extremistas em Harib, situada entre as províncias de Marib e Shabua.

Os três corpos ficaram carbonizados por causa do bombardeio, por isso as autoridades não puderam identificá-los até o momento.

Este é o primeiro ataque dos Estados Unidos no Iêmen em 2015 e, portanto, desde a renúncia na última quinta-feira do presidente iemenita, Abdo Rabbo Mansour Hadi, no meio da atual crise com o movimento rebelde dos houthis.

Durante os últimos dois anos, Washington intensificou os ataques com aviões não tripulados contra os membros da Al Qaeda no centro, Sul e Leste do Iêmen. Os Estados Unidos sustentam que a Al Qaeda na Península Arábica, que tem sua base no Iêmen e reivindicou o recente atentado contra a sede do semanário francês Charlie Hebdo, é um dos braços mais perigosos e ativos da rede terrorista.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência