Soldados israelenses matam palestino que havia esfaqueado homem

Incidente aconteceu na Cisjordânia

Por O Dia

Jerusálem - Soldados israelenses mataram um palestino que havia esfaqueado um israelense em um posto de gasolina na Cisjordânia ocupada neste domingo, ao longo de uma rodovia próxima a Jerusalém, informou a polícia.

O israelense de 26 anos, civil, ficou levemente ferido e foi levado ao hospital, segundo a porta-voz da polícia Luba Samri, que também afirmou que o agressor palestino era oriundo de uma vila próxima à rodovia 443, uma das principais rotas que conectam Tel Aviv a Jerusalém.

Com os diálogos de paz estagnados desde abril de 2014, a violência urbana tem aumentado na Cisjordânia e na adjacente Jerusalém Oriental, territórios que Israel capturou na Guerra dos Seis Dias em 1967 onde os palestinos reivindicam um Estado.

Suspeita-se que agressores judeus colocaram fogo em uma casa palestina na Cisjordânia no último mês, matando um bebê de 18 meses de idade e seu pai, além de ferir gravemente a mãe e o irmão, em incidente que elevou as tensões.

Na última semana foi a vez de dois israelenses ficarem feridos com um coquetel molotov atirado no veículo onde estavam na Jerusalém Oriental, em local próximo ao de onde ocorreu o ataque deste domingo.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência