Estado Islâmico planeja data para matar Rainha Elizabeth II

O atentado ocorreria no próximo fim de semana, na comemoração dos 70 anos do fim da Segunda Guerra Mundial

Por O Dia

A polícia britânica e os serviços de inteligência estão trabalhando para desvendar um trama relatado por jihadistas do Estado Islâmico, que estariam planejando uma data para matar a rainha Elizabeth II. O atentado aconteceria no próximo fim de semana, quando os 70 anos do fim da Segunda Guerra Mundial serão comemorados.

Estado Islâmico planeja matar Rainha Elizabeth Reuters

A informação foi divulgada pela rede Sky News, que conversou com Sally Jones, uma jihadista britânica que se converteu ao Islã. Ela falou com repórteres disfarçados que, por meio de um perfil falso, davam a impressão de que queriam se juntar ao grupo.

Após receberem a informação, as autoridades pediram uma revisão urgente dos preparativos de segurança para todas as cerimônias, que devem reunir multidões pelas ruas da capital. Além da rainha, o primeiro-ministro David Cameron também é esperado.

Segundo os policiais, o Estado Islâmico pretende matar a rainha com uma bomba igual às que foram usadas na maratona de Boston, em 15 de abril. Mesmo com a suspeita, a polícia britânica encorajou, em comunicado oficial, as pessoas a participarem de comemoração. "Embora o nível de ameaça de terrorismo do Reino Unido continue a ser grave, gostaríamos de garantir ao público que estamos constantemente revendo os planos de segurança para eventos públicos", dizia o comunicado.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência