Análise constata presença de coliformes fecais em água de coco

Produtos são comercializados pelos supermercados Hortifruti e Zona Sul

Por O Dia

Rio - O Procon Estadual constatou, após análise, que as águas de coco vendidas pelos supermercados Hortifruti e Zona Sul apresentam coliformes fecais acima do limite permitido pela Resolução RDC nº 12, da Anvisa. Nesta sexta-feira, a secretária estadual de Proteção e Defesa do Consumidor, Cidinha Campos, concedeu uma entrevista coletiva sobre o assunto. O exame foi realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública Noel Nutels.

Cidinha afirmou que depois do laudo, o Procon enviou um ato do presidente em que ele determina a suspensão da venda da água de coco produzida por esses dois estabelecimentos imediatamente. Eles contestaram o resultado da análise e vão pagar uma perícia particular.

Além disso, a secretária falou sobre a operação de fiscalização do Procon desta sexta para verificar se os restaurantes estão cumprindo a Lei Estadual 2424/95, segundo a qual é obrigatório o fornecimento de água potável filtrada (e não mineral) para os consumidores. A operação foi inspirada na campanha Jarra d'água do movimento Rio $urreal, cujo objetivo é estimular os restaurantes a oferecer água filtrada e gelada para seus clientes.

Últimas de Rio De Janeiro