Cunha responde

Líder do PMDB na Câmara dos Deputados parte para o ataque contra Rui Falcão, presidente nacional do PT

Por O Dia

Rio - Líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha partiu para o ataque contra o presidente do PT, Rui Falcão. No Sambódromo, Falcão dissera ao Informe que a resistência de Cunha e de Jorge Picciani (presidente do PMDB-RJ) em apoiar a reeleição de Dilma Rousseff estava relacionada a “demandas” do partido no governo federal.

Cunha afirmou que a entrevista reforça a necessidade de seu partido romper nacionalmente com o PT. Quer que a convenção do PMDB seja antecipada para discutir o assunto.

Boquinha

No Twitter, Cunha escreveu: “Não me compare com o que o partido dele fazia no RJ, doido atrás de boquinhas”. Disse que a bancada não fará indicações para ministérios.

Confusão

Ele classificou de “provocação” a ida de Falcão ao Rio logo depois da saída do PT do governo Cabral: “Por onde ele (Falcão) passa, arruma confusão”.

Vagabundo

Picciani já classificara Falcão de “vagabundo”.

Últimas de Rio De Janeiro