PM é salvo de sequestro por blitz do Detro em Ricardo de Albuquerque

Agente lotado no 3º BPM (Méier) foi rendido e levado por trio no Viaduto de Deodoro, que foi preso por policiais do BPChoque

Por O Dia

Rio - Um sargento da PM, lotado no Serviço Reservado (P-2) do 3º BPM (Méier,) escapou da morte após ser rendido e sequestrado por um jovem de 18 anos e dois menores de 14 e 16 anos, na noite desta quinta-feira, em Deodoro, na Zona Oeste do Rio. O trio foi detido no carro do PM quando o veículo foi abordado por policiais do Grupamento Tático de Motociclistas (Getem) do Batalhão de Choque que davam apoio a uma blitz do Departamento de Transportes rodoviários do Rio (Detro), na Avenida Marechal Alencastro, a principal do bairro de Ricardo de Albuquerque, na Zona Norte. O PM não foi reconhecido e nada sofreu.

Homem que estava com os dois menores e sequestrou policial militar em DeodoroOsvaldo Praddo / Agência O Dia

O sargento de 44 anos contou que tinha saído da faculdade e voltava para casa em seu carro, quando foi abordado num sinal de trânsito no Viaduto de Deodoro pelos três jovens. Eles embarcaram no veículo e ordenaram que o policial continuasse dirigindo. Eles revistaram a mochila e o motorista em busca de pertences. Durante todo o percurso antes da abordagem, os bandidos não encontraram a identificação de PM na carteira da vítima. As ameaças foram constantes durante todo o tempo.

Fernando Moraes%2C vice-presidente do Detro e ex-diretor da Divisão Antissequestro (DAS) da Polícia Civil do Rio disse que PM 'nasceu de novo'Osvaldo Praddo / Agência O Dia

"O maior de idade ficou o tempo todo no banco de trás com a arma na minha cabeça fazendo ameaças, perguntando se eu estava armado, se era policial, se eu não tinha nada mais de valor. Me obrigaram a dirigir sem sinalizar, sem dar seta. Eles diziam que tinham mais armas, que poderiam reagir se algo acontecesse. Eu estava desarmado e não sabia se realmente havia mais armamento. Nasci de novo", relatou o sargento. Ele porém não descartou a possibilidade de reagir caso percebesse que apenas um dos bandidos estava armado e tivesse oportunidade.

O motorista de um veículo que assistiu a abordagem ao carro do PM, ultrapassou o veículo e ao encontrar uma blitz do Detro, na Avenida Marechal Alencastro, na altura da Praça Cláudio de Souza, em frente a estação ferroviária do bairro, alertou os policias do Getem sobre o fato. Eles aguardaram a chegada do veículo ao local e fizeram a abordagem. Não houve reação dos criminosos e eles foram presos.

"Foi uma abordagem perfeita, precisa dos policiais do Choque. Fizeram um cerco com a ajuda dos nossos agentes e ninguém se feriu. Esse policial militar sequestrado tem uma nova data de nascimento a partir de hoje para comemorar. Nasceu de novo", disse Fernando Moraes, vice-presidente do Detro e ex-diretor da Divisão Antissequestro (DAS) da Polícia Civil do Rio nos anos 2000.

Com o trio os policiais apreenderam um revólver calibre 38 e seis munições, além de quatro telefones celulares. Luciano Correia Santos, 18, morador do Morro da Providência, no Centro, foi autuado por roubo qualificado e corrupção de menores na DAS, onde a ocorrência foi registrada. Segundo a polícia, os dois menores são moradores de Nilópolis, na Baixada Fluminense. O de 14 anos confessou que já havia sido apreendido cometendo roubos.

Menores apreendidos após participação de sequestro de policial militar na Zona OesteOsvaldo Praddo / Agência O Dia


Últimas de Rio De Janeiro