Homem é morto na comunidade Chapéu Mangueira

Polícia nega confronto entre bandidos e policiais. Família diz que vítima não tinha envolvimento com o tráfico de drogas

Por O Dia

Jefferson morreu atingido por vários tiros enquanto estava em um bar no Morro Chapéu Mangueira%2C no LemeReprodução Facebook

Rio - Um homem foi assassinado com vários tiros na noite desta terça-feira em um bar na comunidade Chapéu Mangueira, no Leme, Zona Sul do Rio. De acordo com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), testemunhas contaram que homens suspeitos chegaram no bar atirando contra a vítima, identificada como Jefferson Jesus de Souza, de 27 anos.

A polícia nega que tenha havido confronto entre bandidos e policiais. Na região, boatos dão conta de que a comunidade possa ter sido invadida por bandidos rivais, iniciando uma guerra pelos pontos de venda de entorpecentes. A família de Jefferson nega que ele tenha envolvimento com o tráfico de drogas.

Em nota, a UPP Chapéu Mangueira informou que os PMs da unidade chegaram ao local pouco depois do fato, por volta das 19h, e socorreram a vítima para o Hospital Municipal Rocha Maia, em Botafogo, onde Jefferson não resistiu e morreu. Segundo testemunhas, os suspeitos fugiram para uma área de mata logo após efetuarem os disparos.

O policiamento foi reforçado na comunidade por agentes de outras UPPs da região e do 19º BPM (Copacabana). Durante a madrugada, policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foram vistos na região, onde buscas estavam sendo feitas. Agentes da Divisão de Homicídios estiveram na comunidade e realizaram uma perícia no fim da noite. A especializada assumiu as investigações do crime.

O Morro Chapéu Mangueira e o vizinho Morro da Babilônia possuem UPPs desde 10 de junho de 2009.

Últimas de Rio De Janeiro