Preso acusado de matar policial de UPP

Ele vai ser enquadrado na nova lei que agrava as penas para os crimes de homicídio e lesão corporal praticados contra policiais

Por felipe.martins , felipe.martins

Rio - Policiais do 16º BPM (Olaria) prenderam Tiago Carvalho da Silva, o Natirutus, nesta quinta-feira em Brás de Pina. Ele é acusado da morte do PM Ricardo dos Santos Kinupa, da UPP Mangueira, em 23 de julho. O policial estava na porta de casa. Natirutus vai ser enquadrado na nova Lei 13.142/2015, que agrava as penas para os crimes de homicídio e lesão corporal praticados contra policiais, bombeiros militares e integrantes das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança e do sistema prisional, além de familiares, se em função do parentesco. A pena varia de 12 a 30 anos de prisão.

A polícia chegou ao suspeito através de informações do Portal dos Procurados. O acusado se rendeu com a ajuda do pai. Natirutus foi levado para a Delegacia de Homicídios. Ele tem prisão temporária por homicídio decretada pela Justiça.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia