Equipe terceirizada da prefeitura é assaltada em evento-teste

Cinco profissionais foram abordados quando acompanhavam prova de ciclismo preparatória para as Olimpíadas de 2016

Por O Dia

Rio - Contratada para acompanhar o evento-teste de ciclismo de estrada das Olimpíadas de 2016, uma equipe terceirizada da prefeitura foi assaltada durante a prova preparatória, neste domingo, por volta das 8h15. O incidente ocorreu na Avenida Ministro Ivan Lins, pouco antes da subida do Elevado do Joá, na Barra da Tijuca. Além de fazer parte do evento-teste, o percurso desse local também está no trajeto da prova de ciclismo de estrada da Olimpíadas.

Diversas equipes participaram neste domingo do evento-teste de ciclismo de estrada%2C competição preparatória para as Olimpíadas de 2016Agência Brasil

Enquanto se posicionavam em um posto de gasolina em frente à via, para registrar a passagem dos atletas, os cinco profissionais do grupo foram abordados por dois ladrões armados em uma moto. Na ocasião, os assaltantes levaram uma câmera fotográfica com lentes e os celulares dos profissionais. Apenas a câmera de filmagem não foi roubada porque o cinegrafista estava em outra rua e não foi visto pelos assaltantes.

De acordo com as testemunhas que passavam pela rua, a ação dos bandidos foi muito rápida. Os produtores não reagiram ao assalto e ninguém ficou ferido. A equipe registrou o caso na 16ª DP (Barra da Tijuca).

O vencedor do evento-teste de ciclismo foi o francês Alexis Vuillermoz. Ele cumpriu os 165 quiilômetros do percurso, entre Copacabana e São Gonçalo, em 4h20min27s. Kleber da Silva foi o melhor brasileiro da prova, terminando na sétima colocação.

Últimas de Rio De Janeiro