Jogos com energia e sem vistos

Custo de eletricidade na Olimpíada será bancado pelo governo e estrangeiro vai precisar só de ingresso para entrar no país

Por O Dia

Rio - Dilma Rousseff fez dois carinhos na organização da Olimpíada. Decidiu que o governo federal bancará os custos da energia elétrica para o evento — o maior problema estava relacionado ao fornecimento de geradores para o centro de transmissão de TV.

A despesa prevista com o aluguel era de R$ 250 milhões, mas, com a alta do dólar, o custo deve ficar em R$ 400 milhões. A presidenta aprovou também a não exigência de visto de entrada no país de todos os estrangeiros que tenham ingressos para as competições.

Últimas de Rio De Janeiro