Áudio mostra PMs de UPPs pedindo socorro; comandante ficou encurralado

Pela segunda vez em apenas sete dias, áudio revela policiais acuados diante da ação de bandidos no Morro dos Prazeres

Por O Dia

Rio - Novos áudios que a reportagem do DIA teve acesso revelam mais uma vez policiais militares da UPP Tabajaras, em Copacabana, e dos Prazeres, em Santa Teresa,  acuados diante da ação de criminosos. "Estamos encurralados. Sem munição. Só pistola e metade de um carregador de 762", avisa um PM da UPP Tabajaras ao colega na base pelo rádio. Na gravação, os policiais citam a presença de 20 criminosos durante o confronto. "São mais de vinte vagabundos. Todos de fuzil", alertava um PM. Na UPP dos Prazeres, o comandante da UPP, capitão Daniel Rosa Teixeira, ficou encurralado durante tiroteio. 

Em outro áudio obtido pelo DIA é possível ouvir um diálogo entre policiais para o socorro ao comandante da UPP Prazeres, encurralado em confronto na comunidade. Um policial ficou ferido  na ação em Santa Teresa e foi levado para o Hospital Central da PM, no Estácio.


No último dia 29,  um outro áudio mostrou o desespero de PMs encurralados no Morro dos Prazeres. "Vai esperar acontecer uma tragédia aqui? Precisamos de apoio", esbravejou um policial ao pedir a presença do Batalhão de Choque. 'Vamos esperar um colega ser atingido?", perguntou o agente. No áudio também era posível ouvir o som do intenso tiroteio que assustou os moradores da comunidade. 

Lembre abaixo o desespero de policais da UPP no último dia 29 de dezembro.

Reportagem do estagiário Rafael Nascimento com a colaboração do repórter Felipe Martins



Últimas de Rio De Janeiro