Operação fiscaliza estado de conservação de ônibus

Ao todo 30 veículos foram impedidos de circular, por problemas de documentação ou de manutenção

Por O Dia

A Secretaria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor realizou, na madrugada desta segunda-feira, o segundo dia da operação Roleta Russa. A ação tem como objetivo vistoriar o estado de conservação dos ônibus que circulam na cidade e documentações dos veículos e dos motoristas.

Com apoio de agentes do Procon, os fiscais percorreram garagens das principais empresas de ônibus de São Gonçalo e Zona Norte do Rio.

Ao todo 30 veículos foram impedidos de circular, por problemas de documentação ou de manutenção - ausência de cinto de segurança para o motorista, bancos soltos ou pneu careca.

A fiscalização, batizada de "Roleta Russa", foi realizada nas empresas Jabour, em Campo Grande (Zona Oeste), Transportes Vila Isabel e Estrela Azul, em Vila Isabel (Zona Norte) e Paranapuan, na Ilha do Governador, viação envolvida no acidente ocorrido na Avenida Brasil no dia 2 de abril, quando um de seus veículos despencou de um viaduto, deixando 8 mortos. Poderão ser aplicadas multas no valor entre R$ 480 e R$ 7,2 milhões.

No primeiro dia, quatro grandes empresas de ônibus Paranapuan (Ilha do Governador), Estrela Azul (Vila Isabel), Transportes Vila Isabel (Grajaú) Jabour (Campo Grande) foram autuadas e 22 coletivos que apresentaram irregularidades foram lacrados.

Veículos vistoriados que não apresentem condições adequadas para o tráfego, foram interditados e permanecerão fora das ruas até que sejam regularizados. A operação contou com o apoio da Polícia Militar.

Últimas de _legado_Rio