Moradores de São Gonçalo sofrem com falta de energia elétrica

Na Rua Florença, no bairro Porto da Pedra, moradores estão há mais de 24 horas sem luz; problema começou no domingo

Por O Dia

Rio - Moradores da Rua Florença, no Bairro Porto da Pedra, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, estão há mais de 24 horas sem fornecimento de energia elétrica, pela terceira noite consecutiva. O problema afeta cerca de dez casas na localidade.

Depois de várias ligações e solicitações de reparos para a Ampla, concessionária responsável pelo fornecimento, os moradores ficaram perplexos com o atendimento recebido de técnicos que estiveram no local na manhã da última terça-feira. De acordo com o taxista Vinícius Caxias dos Santos, de 29 anos, um dos integrantes da equipe da Ampla sugeriu que moradores atirassem pedras na caixa de alta tensão, responsável pelo abastecimento da rede.

"Quando cheguei eles estavam aplicando pancadas com uma barra de ferro no transformador de energia. Os técnicos ainda aconselharam que se a anergia voltasse a cair que atirássemos pedras na rede", disse.

O aposentado José Faria, de 69 anos, explicou que as ocorrências de queda de energia começaram no domingo, por volta das 19h, e em todas as vezes a equipe da Ampla chegou somente pela manhã para atender aos chamados dos moradores.

"Eles dizem que vão enviar equipe, mas os técnicos só chegam com o dia amanhecendo. Acabamos ficando a noite inteira sem luz, com um calor insuportável. Temos idosos e crianças pequenas em casa", disse.

Até as 18h desta quarta-feira, o fornecimento de energia ainda não havia sido restabelecido na Rua Florença.

Procurada, a Ampla informou que enviará ainda hoje uma equipe ao local para averiguar a situação e que vai apurar a suposta orientação recebida pelos moradores de atirar pedras na rede de energia. A Ampla informou ainda que esta não é a orientação da concessionária em hipótese alguma.

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas