Bloco carnavalesco no Centro termina em confusão com Guarda Municipal

Segundo informações de testemunhas, os guardas não permitiram que a música ocorresse na Praça Mauá

Por O Dia

Rio - Um bloco carnavalesco terminou em confusão na madrugada deste sábado, no Centro do Rio. Segundo as primeiras informações, a Guarda Municipal tentou dispersar a multidão e a confusão começou. O Technobloco, bloco não-oficial do Carnaval, começou na Praça Tiradentes em cortejo, na madrugada, e se dirigiu a Praça Mauá se juntando ao Bloco Não Aguento Mais Fanfarra. Não há registro de feridos.

Grupo se reuniu no Largo da Carioca e depois foi em direção a Praça MauáReprodução Facebook

No evento do bloco Não Aguento Mais Fanfarra, pessoas que estavam presentes no momento da confusão contam que a Guarda Municipal chegou e dispersou a multidão que estava na Praça Mauá. Neste momento algumas pessoas permaneceram cantando de frente para os guardas. Integrantes do bloco começaram a discutir com a GM e uma confusão generalizada tomou conta da Praça Mauá. Segundo relatos, os guardas agiram de forma truculenta com mulheres e prenderam quatro homens que foram encaminhadas para a 5ªDP (Mem de Sá) e liberados na manhã deste sábado. 

Print de vídeo mostra a Guarda Municipal imobilizando um homem na Praça MauáReprodução Vídeo

Procurada, a assessoria da Guarda Municipal informou que acompanhava normalmente o evento, e o tumulto ocorreu após um grupo tentar depredar a praça e o entorno, quando os guardas tentaram impedir e foram hostilizados. Segundo a GM, há registro de lixeiras destruídas, tentativa de pichação dos equipamentos da praça e depredação do mobiliário. Ainda segundo a Guarda Municipal, os oito guardas que estavam no local fazendo o patrulhamento acionaram apoio para conter aqueles que faziam a depredação. Três pessoas que atacaram os agentes com garrafas foram detidas e conduzidas para a 5ª DP (Mem de Sá).

A Polícia Civil informou que, de acordo com o delegado Alexandre Guedes, agentes da guarda municipal e integrantes de um bloco carnavalesco estão sendo ouvidos, na unidade policial. A ocorrência encontra-se em andamento.

Um vídeo mostra o momento em que uma banda toca e canta de frente para os guardas municipais na Praça Mauá. Em um instante seguinte, uma confusão generalizada se inicia e bombas de gás são lançadas pela Guarda Municipal. Também pode se escutar pessoas gritando pedindo para a confusão parar e tiros de balas de borracha sendo disparados.  

 

Parece que pra prefeitura o carnaval já devia ter acabado né? #tecnobloco #technobloco #praçamauá Matheus Chatack Lívia Lima Carol E Marina Luz André Fuentes Larissa Araújo Rodrigo Dias #ataquebrasil

Publicado por Rodrigo Neves em Sábado, 13 de fevereiro de 2016

Mais cedo em frente a Alerj os foliões protestaram contra o deputado Eduardo Cunha com gritos de 'Fora Cunha'.

 

#ForaCunha

Publicado por Julio César Xavier San Martins em Sábado, 13 de fevereiro de 2016
Reportagem do estagiário Luis Araujo

Últimas de Rio De Janeiro