Suspeito de envolvimento em estupro coletivo pode sair de presídio hoje

Juiz autorizou soltura de Lucas Perdomo, de 20 anos, que havia sido transferido para presídio na Zona Oeste

Por O Dia

Rio - O suspeito de envolvimento em estupro coletivo, Lucas Perdomo, 20 anos, teve a soltura autorizada pelo juiz do Fórum Regional de Jacarepaguá na noite desta quinta-feira. Lucas havia sido transferido para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste, na quinta-feira. De acordo com a defesa, ele sai do presídio ainda nesta sexta-feira. 

A delegada titular da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV) Cristiana Bento pediu ontem à Justiça o relaxamento da prisão temporária do suspeito. No entanto, ela informou que Lucas continua sendo tratado como envolvido no caso de estupro coletivo, mas não há a necessidade de mantê-lo preso. A defesa também havia pedido a revogação da prisão nesta quinta-feira. 

O jogador Lucas Perdomo Duarte Santos%2C de 20 anos%2C pode ter participado do estupro de uma jovem de 16 anos em uma favela da Praça SecaWhatsApp O DIA (98762-8248)

Contradição em depoimento da vítima

A advogada de Lucas, Marina Batista, argumentou que há uma contradição no depoimento da vítima que retira o jogador da cena do crime. "Em determinado momento, ela diz que o encontrou em uma casa para ir ao baile funk. Depois, disse que o encontrou diretamente no baile", declarou.

Outro adogado de Lucas, Eduardo Antunes falou com O DIA na Cidade da Polícia ontem.Ele também se mostrou confiante na soltura do cliente. "Parece que a polícia entendeu a tese da defesa. Espero que a soltura do Lucas seja decretada", disse.

O advogado não nega que Lucas tenha tido relação sexual com a vítima. No entanto, segundo ele, os dois se relacionaram há quatro meses. No dia do estupro, de acordo com Eduardo, Lucas, que namora há quatro anos com uma menina, teve relações com uma amiga da vítima. Já seu amigo, Raí de Souza, 22 anos, teria feito sexo com a vítima na versão do advogado.

Delegada pede liberação de suspeito de participação em estupro coletivo

Senado aprova penas mais duras para estupro coletivo

Mais um suspeito de participação em estupro coletivo é preso


Últimas de Rio De Janeiro