Restrição à circulação de caminhões pesados começa nesta segunda no Rio

Mudanças no trânsito são por conta dos Jogos Olímpicos. Quem descumprir a regra pode pagar multa de R$ 1.500

Por O Dia

Rio - Começam a valer hoje as mudanças no trânsito da cidade por conta dos Jogos Olímpicos. As novas regras ampliam as restrições à circulação de caminhões na cidade e também as limitações de acesso à Ilha do Fundão. O objetivo é dar mais fluidez às ruas do Rio para o deslocamento dos participantes das competições e para a movimentação em geral.

É bom se ligar porque agentes da Guarda Municipal e equipamentos de fiscalização eletrônica identificarão a circulação dos caminhões nas regiões e horários restritos para a aplicação das penalidades. Os veículos que forem flagrados desrespeitando as normas poderão levar multa de R$ 1.500, de acordo com o estabelecido no Decreto Nº 21.867 / 2016.

Os principais pontos de restrição serão a Avenida Brasil, a Linha Amarela, a Linha Vermelha e outros dois polígonos, um compreendendo áreas da Zona Norte e Oeste e outro a região do Centro e da Zona Sul.

Na Avenida Brasil, a circulação de caminhão está proibida em ambos os sentidos, no trecho entre Realengo e Av. Francisco Bicalho, nos dias úteis das 6h às 10h e das 17h às 21h. Já na Linha Amarela, os veículos de carga não vão poder rodar em ambos os sentidos, em toda sua extensão, nos dias úteis das 6h às 11h e das 17h às 21h, e aos sábados das 6h às 14h. Na Linha Vermelha permanece a proibição em vigor, em toda sua extensão, em ambos os sentidos, todos os dias, 24h por dia.

Pelos bairros da Zona Norte e da Zona Oeste, a entrada e a circulação de caminhões estão proibidas nos dias úteis das 6h às 11h e das 17h às 21h, e aos sábados das 6h às 14h.  No Centro e Zona Sul, eles não podem circular nos dias úteis das 6h às 21h, e aos sábados das 6h às 14h. Nesta área está autorizada a passagem de caminhões de pequeno porte das 11h às 17h de segunda-feira a sexta-feira, em dias úteis. Mas somente aqueles chamados de Veículos Urbanos de Carga (VUC), com largura máxima de 2,70m (dois metros e setenta centímetros) e comprimento máximo de 7,20m (sete metros e vinte centímetros). Os veículos de carga com porte superior estão proibidos.

De acordo com a prefeitura, as mudanças buscaram conciliar as necessidades dos eventos olímpicos com o menor impacto possível nas operações de carga rotineiras. As áreas de restrições foram definidas após estudos e reuniões com representantes dos setores envolvidos nas operações de transporte de carga na cidade.

Tem mudanças também na Cidade Universitária, na Ilha do Fundão. O Acesso 3 – a partir da Linha Amarela e da Linha Vermelha - nos dias úteis, entre 15h e 21h, ficará para o uso exclusivo da família olímpica e do público com destino para a Ilha do Fundão, sem a permissão de trânsito de passagem. O monitoramento será realizado por meio de equipamentos de fiscalização eletrônica nos pontos de acesso e saída. Além disso, a Ponte do Saber será fechada nos dias úteis entre 6h e 15h.

Mais alterações a partir do dia 25

Uma das principais vias de circulação da cidade, a Linha Amarela será uma importante via de acesso durante os Jogos. A partir do dia 25 de julho até o dia 22 de agosto, de segunda a sexta-feira, serão implementadas algumas medidas para adequar a Linha Amarela ao cenário olímpico, como o cancelamento da reversível que atualmente funciona no horário da manhã.

Alguns acessos serão fechados: 1A (Estrada do Pau-Ferro), 2 (Méier), 3 (Engenho de Dentro), 4 e 4A (Av. Dom Helder Câmara), todos no sentido Fundão, das 6h às 10h. O acesso 8 (Rua Leopoldo Bulhões), sentido Barra, ficará inoperante das 15h às 21h. A operação de fechamento do acesso 8, sentido Fundão, que atualmente já é realizada pela manhã, será mantida.

Os motoristas podem utilizar as seguintes vias alternativas: Grajaú-Jacarepaguá, Rua Dias da Cruz, Rua Goiás e Avenida Dom Helder Câmara. Sinalizações específicas serão instaladas para orientar e informar os motoristas.

Últimas de Rio De Janeiro