Mãe é presa por matar filha a facadas na frente da família em Realengo

Discussão começou depois que grupo voltou de festa. Não se sabe se as crianças que viram cena eram filhos da vítima

Por O Dia

Rio - Sandra Luiza Cassim de Carvalho, de 57 anos, foi presa por matar a filha Dailles Cassim Patrício, de 36, a facadas no final da noite deste domingo, em Realengo, na Zona Oeste do Rio. O crime ocorreu na frente de adolescentes e crianças da família depois que o grupo voltou de uma festa em Vila Valqueire, de acordo com o delegado Fábio Cardoso da Divisão de Homicídios (DH), nesta segunda-feira.

Não se sabe se os menores que presenciaram o esfaqueamento são filhos de Daillis ou outros netos de Sandra, segundo a DH.

Ao discutir com a filha, Sandra se descontrolou, pegou uma faca de cozinha e desferiu vários golpes na vítima. Daillis chegou a ser levada para o hospital Albert Schweitzer com vida, mas não resistiu.

O 14° BPM foi chamado ao local por volta das 23h45. A mãe estava trancada no banheiro após ter esfaqueado Daillis. Ela ficou detida na casa até que a notícia de que a mulher havia morrido chegou ao local.

Segundo o delegado, as duas tinham um longo histórico de discussão, mas nunca tinham chegado a partir para violência física. Sandra vai responder ao crime presa com agravante por ter sido cometido na frente de crianças e por ser mãe e filha, sem chance de defesa.

Últimas de Rio De Janeiro