Alunos e servidores da Uerj fazem protesto contra Pezão

Manifestantes pedem o pagamento dos terceirizados, professores e dos nove mil bolsistas

Por O Dia

Rio - Centenas de estudantes, servidores e docentes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) fazem um protesto contra o governador do estado, Luiz Fernando Pezão, na tarde desta quinta-feira. Os manifestantes pedem o pagamento dos terceirizados, professores e dos nove mil bolsistas. 

Alunos e servidores da Uerj fazem ato contra PezãoReprodução Internet

Os participantes do ato se concentraram, por volta das 16h, no Largo do Machado, na Zona Sul do Rio, e seguiram em passeata ao Palácio da Guanabara, em Laranjeiras, também na Zona Sul. 

Por conta do protesto, o Centro de Operações da Prefeitura (COR) interditou a Rua das Laranjeiras, na altura da Rua Pinheiro Machado, sentido Botafogo. De acordo com o COR, o motorista enfrenta retenções no trânsito.

Alunos e servidores da Uerj fazem ato contra PezãoReprodução Internet

Nesta terça-feira, docentes decidiram em assembleia que até o momento, não há condições para o retorno às aulas. A decisão dos professores levou em consideração os serviços como a manutenção, limpeza, segurança e o funcionamento do restaurante universitário que ainda não foram garantidos. 

Os educadores também repudiaram a última nota divulgada pela reitoria da universidade que, de acordo com eles, não considera o pagamento de bolsas e salários como fundamentais para o retorno às aulas.

Últimas de Rio De Janeiro