Morre atleta de handebol baleado na Baixada Fluminense

George Felipe da Silva Pereira foi atingido por disparos durante uma tentativa de assalto no último domingo

Por O Dia

Atleta de handebol%2C George Felipe foi vítima de uma tentativa de assaltoReprodução Facebook

Rio - Morreu na tarde desta terça-feira, o atleta de handebol baleado em uma tentativa de assalto no último domingo, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. George Felipe da Silva Pereira era goleiro do time carioca Rio Handbeach. 

Jaime Torres, técnico da equipe em que o rapaz jogava, confirmou a informação por meio das redes sociais. "Você foi um grande amigo, grande atleta...Grande ser humano...Pelo menos pude te ver mais uma vez... Sentiremos saudades meu amigo", escreveu o treinador. Ainda não há informações sobre o enterro de George Felipe.

Em uma publicação na Internet no domingo, o técnico contou que o jovem havia sido atingido por seis tiros e foi confundido com um PM. 

"George é um dos amantes que temos no Beach Handball e uma pessoa de um caráter e um coração absurdamente bom. Um grande amigo que o esporte me proporcionou. Nossas orações também farão que nosso amigo sai dessa difícil situação. Um primeiro passo seria também um mobilização para doação de sangue para nosso amigo", pediu Jaime na ocasião.

Em nota, a Civil informou que a 59ª DP (Duque de Caxias) estava investigando o caso e destacou que os bandidos não levaram nenhum pertence do atleta. A Polícia ressaltou ainda que o jogador foi baleado por dois tiros.

Últimas de Rio De Janeiro