Deputado entrega relação de pardais para o desligamento em áreas de risco

Será feito um levantamento em conjunto com o Instituto de Segurança Pública (ISP) de quais áreas são consideradas de risco, considerando o número de registros de ocorrência

Por O Dia

Rio - O deputado Dionísio Lins (PP), autor da lei que determina que pardais e lombadas eletrônicas sejam desligados em áreas de risco, entregou uma relação de endereços dos equipamentos instalados na cidade. A partir da lista, protocolada na Secretaria de Segurança Pública, será feito um levantamento em conjunto com o ISP (Instituto de Segurança Pública) de quais áreas são consideradas de risco, considerando o número de registros de ocorrência. Nesses locais os equipamentos serão desligados.

Segundo o deputado, o objetivo da lei é proteger os motoristas que circulam por esses locais da ação de assaltantes. O desligamento e retirada definitiva dos equipamentos será feito em conjunto com os outros municípios do estado: "Enquanto não houver uma mudança na questão da segurança pública, esses equipamentos devem ser desativados", explicou Lins. 

O PL é de autoria do deputado Dionísio Lins (PP)Reprodução Internet

Para exemplificar, ele citou o caso de um motorista assaltado na Zona Norte, que teve sua carteira e celular roubados ao parar no sinal e recebeu duas multas ao tentar fugir dos assaltantes. Segundo ele, nesses casos, o motorista deve recorrer para ter a infração cancelada: "Pedimos que estes motoristas entrem em contato com a vice-presidência da Comissão de Transportes, para que encaminhemos um ofício ao Detran. Não queremos qincentivar o desrespeito às leis de trânsito, mas hoje os motoristas precisam escolher entre ser roubado ou ser multado. É um absurdo", declarou.


Últimas de Rio De Janeiro