Internautas não perdoam! Aniversário do Guanabara gera memes na Web

Desde o início da manhã desta sexta, centenas de pessoas formaram longas filas para aproveitar promoções. Vídeos mostram correria nas filiais

Por O Dia

Rio - Como tradição de todos os anos, o aniversário do Guanabara é um dos assuntos mais comentados nas Web e está provocando uma 'chuva' de memes e piadas nesta sexta-feira. Desde o início desta manhã, centenas de pessoas formaram longas filas para aproveitar as promoções. Vídeos mostram correria e empurra-empurra para entrar nas filiais do supermercado.

O consumidor que quiser aproveitar os descontos de até 60% em mais de 2 mil itens terá que ter muita disposição para enfrentar a multidão. Isso porque a expectativa da rede é de que, somente nos três primeiros dias, um milhão de pessoas passem em uma das 25 unidades do Guanabara.

Rosangela de Almeida Pimentel foi com a família e gastou mais de R$ 1 mil em compras no Supermercado Guanabara%2C no Engenho de DentroMaíra Coelho / Agência O Dia

No total, mais de 21 mil pessoas estão disponibilizadas para trabalhar nos 42 dias do "evento". E para evitar filas quilométricas e congestionamento de carros no entorno dos supermercados, a empresa contratou 4 mil novos funcionários para reforçar a equipe das lojas e controle de tráfego. A boa notícia é que os temporários que se destacarem neste período poderão ser efetivados.

A atendente de telemarketing Vanessa Alves, 29 anos, saiu cedo de casa com o marido e enfrentou fila na filial do Engenho de Dentro, Zona Norte. "Economizei em amaciante, feijão, açúcar e papel higiênico. Gastamos R$ 400, mas pagaria mais de R$ 700 em um dia normal nessa quantidade de compras", explicou. "Trouxe meu marido para ele pagar as contas e ajudar a carregá-las", brincou.

Já a chefe de cozinha Maria Claudia, 46 anos, foi acompanhada da chefe, que é dona de uma pensão. "Vale à pena enfrentar essa multidão porque os preços estão em conta. O aniversário do Guanabara é tipo dar doce para criança", reforçou.

A diarista Rosângela de Almeida Pimentel, 45 anos, garantiu o churrasco do fim de semana. "Sou fiel ao Guanabara e ele ao meu bolso. Gastei R$1,5 mil, mas vou ficar pelo menos uns seis meses sem fazer compras. Estou levando cervejas para o pessoal tomar no churrasco", disse Rosângela, que foi com a mãe idosa e o filho.

Últimas de Rio De Janeiro