Temporada caipira está aberta no Estado do Rio

A partir de junho, os arraiás vão se espalhar por todas as regiões e festas acontecerão até agosto

Por O Dia

Rio - ‘Pula a fogueira, iá, iá; pula a fogueira, iô, iô”. Sim, começa agora a temporada de festas caipiras em todo o Brasil. No Rio de Janeiro, é claro, não poderia ser diferente. Os arraiás vão se espalhar por todas as regiões do estado e deverão se estender ao longo dos meses de junho, julho e irão até agosto.

Para animar%2Cmuita música e barraquinhas de pescaria%2C entre outros Divulgação

Em Macaé, o arraial começa em 13 de junho — Dia de Santo Antônio. A festa vai ser no Mercado de Peixes, com edição especial do Benê Lá, um projeto da Secretaria de Cultura, que tem a Banda Benê — formada por alunos e professores da Escola de Artes Maria José Guedes (Emart) — como atração principal. Haverá ainda barracas de comidas típicas e de bebidas. Já no dia 22 haverá o Arraiá Imbetiba com Cultura, no anfiteatro da Praia de Imbetiba. De 23 a 25 de junho, Festa de São João Batista, padroeiro de Macaé, no Centro.

Ainda no Norte Fluminense, Campos dos Goytacazes vai promover, entre 3 de junho e 29 de julho, na Praia do Farol de São Tomé, o Circuito de Arraiás, uma iniciativa dos comerciantes locais — são cerca de 25 bares e restaurantes, além de sete pousadas. A cidade também prepara festa para os idosos. No dia 6 de junho, a festa será na Colônia de Férias da Terceira Idade, também na Praia do Farol de São Tomé. Entre 23 e 25 será na Casa de Convivência do Parque Tamandaré.

As quadrilhas e as comidas típicas são as principais atrações das festasDivulgação

Em julho está previsto cronograma de festas em Dores de Macabu, no dia 7. No dia 12, arraial na Casa de Convivência de Travessão. Já em 17 de julho, evento na Casa de Convivência de Conselheiro Josino. “Queremos resgatar essa cultura tão bonita do nosso país e continuar com o objetivo de proporcionar ao nosso idoso um envelhecimento ativo e saudável”, valoriza Flávio Araújo, coordenador de eventos de Campos dos Goytacazes.

Em São Francisco do Itabapoana, a festa será nos dias 9 e 10 de junho, na Praça dos Três Poderes, no Centro. É quando vai acontecer a Rancheirada, promovida pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC), festa que não era realizada desde 2011. Haverá shows de forró, apresentação de quadrilhas e grupos de jongo e barracas de comidas típicas.

Na Região Serrana, Teresópolis terá festa nos próximos dias 7, 8 e 9 de julho, na Casa de Portugal, com ingresso a R$ 5. Na sexta e no sábado, o arraial começa a partir das 18h, enquanto que no domingo será a partir das 15h. Ainda em julho está prevista a festa caipira de Itatiaia. O evento será dias 7 e 8, na Casa da Cultura, no Centro. Em Conservatória, a festa acontecerá nos fins de semana de julho, com direito à quadrilha, forró e comidas típicas.

NOS HOTÉIS

Os hotéis do interior do Estado do Rio também vão promover seus arraiás. Em Conservatória, o Hotel Fazenda Vilarejo e Acalanto do Vilarejo terão festa caipira em junho, julho e agosto. Em Quatis, o Hotel Fazenda Lagos da Vale prepara pacote entre os dias 7 e 9 de julho. Já em Petrópolis, a Pousada Paraíso vai ter festa em junho e julho, com direito a comidas, bebidas e brincadeiras típicas.

No Vale do Café, além dos hóspedes, os visitantes também poderão participar das festas caipiras. No Hotel Santa Amália, em Vassouras, o arraial será nos sábados de junho e julho. Sai a R$ 50 por pessoa e inclui todos os quitutes típicos, batidas e quentão. Na mesma cidade, o Mara Palace Hotel também cobra o mesmo valor. As festas vão ser nos dias 3 e 24 de junho; 1, 8 e 15 de julho; e 5 de agosto.

Na Fazenda União, em Rio das Flores, o arraial acontecerá todos os sábados de junho e julho — R$ 150 por pessoa. Na Fazenda Ponte Alta, em Barra do Piraí, a festa será nos sábados de junho, julho e agosto — a R$100.

“O mais importante da festa é o resgate da cultura da roça, do interior, além de ser de grande importância econômica, porque o número de visitantes cresce consideravelmente no período”, destaca Roberto Freitas, administrador da Fazenda Ponte Alta, acrescentando a ocupação deverá ficar em torno dos 90%.

Aipim é estrela de festival

Em Casimiro de Abreu haverá, sábado e domingo, dias 3 e 4 de junho, o I Festival do Aipim. O evento será realizado na Praça Feliciano Sodré, no Centro, e vai contar com shows com artistas locais, oficina culinária e feira de artesanato, além de barraquinhas de comida em que a grande atração, é claro, serão os pratos especialmente criados com o tubérculo. 

No total são mais de 50 receitas, entre salgados e doces, como pizzas, caldo, brigadeiro, macarrão, tapioca, nhoque e bobó de camarão, todos devidamente preparados com aipim. No sábado, a programação vai de 12h à meia-noite. Já no domingo, o evento começará ao meio-dia e se estenderá até 17h. São esperadas cerca de dez mil pessoas durante os dois dias do Festival do Aipim.

Últimas de Rio De Janeiro