Ídolo argentino disparou contra Federação Argentina

Por O Dia

Argentina - Diego Maradona voltou a pedir a saída de Julio Grondona como presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA) e, por sua vez, elogiou o técnico da equipe, Alejandro Sabella.

Maradona fez declarações acaloradasEfe

"Carlos Bilardo está gagá, que venha às Cataratas que são formosas. Julio Grondona já está multimilionário e Humbertito (filho de Grondona e técnico do Sub-20 argentino) vá dirigir a Primeira C, assim daríamos um passo adiante em nosso futebol", disse o astro argentino em declarações à "rádio local 90.9 Mercado" e que são reproduzidas neste sábado pelos meios de comunicação do país. Na visita às Cataratas do Iguaçu, Maradona acrescentou que a AFA necessita de mudanças.

"É preciso mudar as velhas cabeças que conduzem a AFA. Tenho muita vergonha de não ver a camisa argentina nos Jogos Olímpicos e nem no Mundial Sub-20, onde até Jamaica e Tanzânia jogam. Perdemos o prestígio com esta gente e o único que temos é Messi". Maradona viajou para Puerto Iguazú para jogar um torneio de exibição com outros ex-jogadores como Sergio Goycochea, José Basualdo e Leonel Gancedo e aproveitou para elogiar as Cataratas, escolhidas como a sétima maravilha natural do mundo em novembro de 2001.

"Não há como compará-las". O ex-craque argentino fez 4 dos 12 gols, permitindo que sua equipe vencesse um combinado local. "Eu gosto muito do Sabella se deixarem ele trabalhar. Me parece que pode explorar Messi, mas o tema é defensivamente. Me criticam porque coloquei quatro zagueiros centrais e hoje ele está jogando da mesma maneira", disse o atual embaixador esportivo de Dubai e técnico da equipe argentina na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010.

Últimas de _legado_Notícia