Este foi o saldo parcial da operação Cidade Limpa, que tem o objetivo de conscientizar a população e fiscalizar o cumprimento do Código de Posturas do município

Por O Dia

Rio - Em apenas uma semana, houve 435 notificações e três multas por despejo irregular de lixo em São Gonçalo. Este é o saldo parcial da operação Cidade Limpa, que tem o objetivo de conscientizar a população e fiscalizar o cumprimento do Código de Posturas do município. De acordo com a Lei 017/03, quem descarta lixo de forma irregular está sujeito à notificação e multa, cujo valor é de R$ 561,60. Três estabelecimentos foram multados nos bairros Venda da Cruz, Pita e Barro Vermelho.

O secretário de Governo, Comunicação e Posturas, Sandro Almeida, reuniu-se com o subsecretário de Infraestrutura e Urbanismo e coordenador dos departamentos de Limpeza e de Iluminação Pública, Pitter Miranda, o subsecretário de Ordenamento Urbano, Marcel Narcizo, fiscais, representantes da empresa de recolhimento de lixo e integrantes da comissão que coordena a campanha. A ideia é que o encontro seja feito semanalmente para avaliar as ações.

“Precisamos analisar se a coleta precisa entrar em determinado local, se precisa ser corrigida ou se é necessária a implantação de um contêiner”, ressaltou Sandro Almeida, explicando que o contêiner é uma caçamba com tampa.

Alguns moradores reclamam de áreas em que o caminhão não consegue entrar.

“Se a coleta não chega, o morador não vai conviver com lixo na porta da casa dele. Mas ele não pode descer a comunidade para jogar lixo na calçada ou na praça. Por isso, vamos analisar a proposta de colocar na descida da área de difícil acesso um contêiner”, revelou.

A partir da próxima semana, a coleta ao longo da Avenida Presidente Kennedy e das ruas Nilo Peçanha e Moreira César, no trecho que vai do cemitério São Miguel até o Clube Mauá, será feita somente a partir das 18h. Por conta disso, os estabelecimentos comerciais não devem colocar o lixo na calçada antes desse horário.

Fiscais têm distribuído adesivos e cartilhas no comércio e nas residências com informações sobre a coleta de lixo, informando os dias e horários que o caminhão fará a coleta. A ação está sendo feita em quatro trechos: Alcântara x Centro, Centro x Neves, Covanca x Zé Garoto e Lindo Parque x Alcântara.

"O primeiro passo da ação foi identificar os pontos críticos de acúmulo de lixo em toda a cidade. Levantamos, inicialmente, 319 locais. Boa parte destes pontos está concentrada nos corredores viários e, por isso, vamos focar nesta área. Logo depois, vamos para os demais bairros", explicou Sandro.

A partir de quinta-feira, dia 12 de março, equipes da subsecretaria de Ordenamento Urbano vão realizar operações diárias em Alcântara para fiscalizar as irregularidades cometidas por comerciantes e camelôs no bairro.

Quem quiser denunciar pontos de acúmulo de lixo e fazer pedido para o recolhimento poderá entrar em contato através do disque-denúncia, através do número 2199-6345, das 10h às 17h.

Últimas de _legado_Notícia