Delatores longe dos delatados

Afastados do cargo por corrupção, os cinco conselheiros do Tribunal de Contas do Estado vão responder ao procedimento longe dos delatores

Por O Dia

Afastados do cargo por corrupção, os cinco conselheiros do Tribunal de Contas do Estado vão responder ao procedimento longe dos delatores, entre eles Jonas Lopes, ex-presidente da Corte. Lopes foi denunciado pelo Ministério Público Federal ao Superior Tribunal de Justiça pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e associação criminosa. Mas, por enquanto, todos continuam com o salário de R$ 37 mil em dia. Se até outubro não houver denúncia, os cinco conselheiros voltam ao cargo.