01 de janeiro de 1970
  • WhatsApp (21) 98762-8248

Padroeira do Brasil ganha estátua maior que a do Cristo Redentor

Monumento terá 50 metros de altura e poderá ser visto a quilômetros de distância às margens da Dutra

Por FRANCISCO EDSON ALVES

Uma estátua gigante, de 50 metros de altura 12 a mais que o Cristo Redentor, no Rio, simbolizando a fé dos católicos por Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, será erguida em Aparecida, no Vale Paraíba paulista. A homenagem a santa mais popular do país é da prefeitura e será inaugurada dia 12 de outubro, como parte dos festejos dos 300 anos do encontro da imagem da Virgem no Rio Paraíba do Sul. Toda em aço inoxidável, com 400 toneladas, a estrutura é de autoria do escultor Gilmar Pinna. Outros dez artistas ajudam na confecção, em São Paulo.

Na segunda-feira, chegaram à Aparecida, trazidas em carretas, as primeiras das 20 partes em que a escultura foi dividida, para ser montada num terreno municipal de 130 mil metros quadrados. O local, fora do Santuário Nacional de Aparecida, e que pertence ao governo municipal, será batizado de 'Parque dos 300 anos de bênçãos'. A terraplenagem para a construção do espaço temático, que terá estacionamento para dois mil carros, jardins, banheiros, restaurantes e estrutura para receber romeiros, já foi feita.

"Acreditamos que o fluxo de turistas, que chega a 12 milhões de fiéis por ano na cidade, cresça mais 25% com esse novo polo de turismo religioso", apontou o prefeito, sargento Ernaldo Marcondes (PMDB), que idealizou o complexo.

Apesar da suntuosidade projetada, a assessoria de imprensa do Santuário informou, na sexta-feira, que a cúpula católica de Aparecida "ainda não está se pronunciando" sobre a iniciativa da prefeitura. A prefeitura informou que não está financiando as obras. Elas estão sendo feitas em parcerias com três empresas privadas.

Afirmando ser devoto fervoroso de Nossa Senhora, Ernaldo detalha o monumento. "No interior da estátua haverá um elevador panorâmico com vista para o Santuário. E também uma escadaria com 300 degraus, para quem quiser pagar promessas, equivalente a cada ano do jubileu do tricentenário. Um bondinho também agilizará o transporte de fiéis. Da Via Dutra, a estátua, que será circundada por um mapa do Brasil, poderá ser contemplada a até dois quilômetros de distância", revelou.

Moradores de Aparecida vão poder utilizar o espaço gratuitamente, mas fiéis de outras cidades terão que pagar uma taxa, para a manutenção do projeto, segundo o prefeito. O valor ainda não foi definido.

Gilmar Pinna, que já fez outras esculturas alusivas à cinco milagres da Santa em Aparecida em rotatórias do município, pagas com recursos do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade), está fazendo o trabalho de graça, desde janeiro, em seu ateliê, em Guarulhos. "Como a prefeitura não tinha recursos, me propus a construir sem remuneração mesmo, pois também sou devoto da padroeira. E estou obtendo a ajuda de vários amigos para construir algo grandioso, que vai virar um marco", comentou, entusiasmado.

O grupo finaliza mais cinco peças: a cruz sobre a cabeça, membro que terá quase quatro metros de altura; a coroa; o terço e o crucifixo que ficarão sobre o corpo vazado e as mãos da Virgem. A maior parte do parque ficará pronto ano que vem.