Parques estaduais ganham site

Visitantes que desembarcam no Rio podem movimentar o turismo nas outras 91 cidades fluminenses

Por LUIZ ALMEIDA

As cidades do Estado do Rio querem pegar carona no recém-lançado calendário de eventos 'Rio de Janeiro a Janeiro'. Isso porque o programa, que visa aumentar o fluxo de visitantes na capital, pode funcionar como mola propulsora do setor turístico dos demais 91 municípios fluminenses, gerando empregos e renda. Afinal, estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) aponta que um aumento de 20% no número de turistas pode injetar R$ 6,1 bilhões na economia, com 170 mil postos de trabalho.

Com números tão prósperos, o secretário de Turismo do Estado do Rio, Nilo Sergio Felix, acredita ser fundamental trabalhar para fazer com que os turistas que desembarcam na capital também venham a visitar as outras cidades fluminenses. Para tanto, o principal material promocional da secretaria é o guia Rio 3, com sugestões de roteiros distantes até três horas do município do Rio.

"Temos serra e mar a poucos quilômetros da capital, com atrações para os mais variados gostos. Todos os segmentos do turismo histórico, cultural, gastronômico, religioso, ecológico e de aventura podem ser realizados nos 91 municípios do interior", destaca Felix.

Para atrair de forma eficiente os turistas que visitam a cidade do Rio, Petrópolis pretende aumentar a participação nos eventos e feiras do setor turístico. Outra medida é ampliar a distribuição de material de divulgação nos locais estratégicos da capital, além de estreitar ainda mais os laços com as agências e operadoras de viagem e guias de turismo.

"Estamos estreitando as parcerias com a iniciativa privada e dando apoio aos eventos para garantir um calendário de atrações ainda mais completo, sendo mais um atrativo aos visitantes que vêm à Cidade Imperial", salienta Marcelo Valente, presidente da Turispetro.

O secretário de Turismo de Paraty, Gabriel Costa, conta que a atual gestão investe em um vasto calendário cultural para atrair mais turistas para a cidade. Tal calendário, aliás, é composto de diversos eventos, inclusive internacionais, como é a FLIP e no Festival MIMO este será realizado entre os dias 6 e 8 de outubro.

"Nos preparamos para o lançamento da campanha 'Paraty, Cidade dos Festivais', haja vista que abarcamos os maiores festivais internacionais do país, como o Estações Musicais (de música de câmara e instrumental), o Paraty em Foco (de Fotografia), Folia Gastronômica (de gastronomia), e Bourbon Festival de Jazz (de jazz), além da própria FLIP e o MIMO", salienta Costa.

MÍDIAS SOCIAIS

A Secretaria de Turismo de Macaé aposta nas mídias sociais e nos influenciadores digitais para promover a cidade e atrair mais visitantes. Segundo o secretário adjunto Leonardo Anderson, também foi aprovado orçamento de R$ 200 mil para o planejamento de marketing em 2018. "A campanha #descubramacae nas redes sociais é um convite para os turistas para descobrirem um novo destino. Serve para apresentar os atrativos turísticos e nosso calendário de eventos", valoriza Anderson.

Galeria de Fotos

História é atração em Petrópolis. Em Macaé, natureza e negócios divulgação
turismo divulgação

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro