VIDAS EM RISCO 2

Por

O MPF defende que o serviço aéreo privado só pode ser feito sem remuneração e que a venda de voos é irregular. Então, como há comercialização, tem que ser submetido à ANAC. O MPF alega que a omissão dá a falsa impressão de atividade regular, colocando vidas em risco.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários