A miopia olímpica da Receita Federal

Por O Dia

Quero ver se meu raciocínio está correto. Minha irmã caiu na malha fina em 2015. Morreu em 2016. Agora, a Receita mandou apresentar recibos de dentista no valor de R$ 20 mil. Mas o aumento patrimonial de 500% de Carlos Nuzman é invisível...

Teresa Abreu de Almeida

Maracanã

Comentários