Cabo Frio nas telas de cinema e da televisão

Cidade da Região dos Lagos serve de cenário para a novela 'A Força do Querer', da TV Globo, e para o filme 'Os Salafrários'

Por LUIZ ALMEIDA

Cabo Frio está bem na fita. Alguns pontos da cidade da Região dos Lagos acabam de servir de cenário para a novela 'A Força do Querer', da TV Globo, e o filme 'Os Salafrários'. Entre as locações, a Praia da Rasa, o Largo São Benedito, a Praia do Peró, o Boulevard Canal e a Avenida Nossa Senhora da Assunção.

Em 'A Força do Querer', o Largo de São Benedito, no 'coração' do bairro Passagem, é retratado como o centro de uma cidadezinha nordestina. É para o fictício município que a dupla Bibi Perigosa e Rubinho, personagens de Juliana Paes e Emilio Dantas, respectivamente, fogem depois de deixar a vida de crimes no Rio de Janeiro.

Além do Largo São Benedito, a Praia do Peró também já serviu de cenário para 'A Força do Querer'. A tradicional Cabana do Pescador apareceu no início da trama das 21 horas da TV Globo. O local foi transformado na casa de praia onde Ruy (Fiuk) escondeu Ritinha (Isis Valverde).

"A divulgação espontânea em rede nacional, em horário nobre, sem custos para os cofres públicos, vai incrementar o turismo e ajudar a cidade a vencer a crise, gerando emprego e renda", avalia a secretária de Turismo de Cabo Frio, Fabíola Bleicker.

A Praia da Rasa, o Boulevard Canal e a Avenida Nossa Senhora da Assunção, além do Largo São Benedito, também vão aparecer no longa-metragem 'Os Salafrários. A produção, com direção de Pedro Antônio, é estrelada pelo ator cabofriense Marcus Majella e a atriz Samantha Schmütz. A estreia nas telonas está prevista para o primeiro semestre de 2018.

A comédia 'Os Salafrários' conta de forma bem-humorada as peripécias de dois irmãos adotivos que se reencontram em um momento nada bom da vida dos dois. Clóvis, interpretado por Marcus Majella, é um salafrário que acaba de ser descoberto depois dar um golpe em um grupo de japoneses. Já Lohane, vivida por Samanhtha Schmütz, é uma empreendedora do ramo alimentício que vê seu mundo desmoronar após a prefeitura rebocar seu trailer de sanduíches por falta de alvará.

"Trabalhar em Cabo Frio é muito agradável, a atmosfera, as pessoas, o ambiente. É um lugar muito bom para o cinema, para você pensar cinema, pensar locação, pensar cena. A cidade tem uma variedade muito grande de lugares, que vai desde a pracinha da Passagem, com a Igreja, a lugares urbanos", destaca o diretor Pedro Antônio.

Cenário mais que perfeito

Cabo Frio já foi cenário de produções cinematográficas e de televisão. Em 1962, a cidade aparecia no filme 'Os Cafajestes', de Ruy Guerra, com Jece Valadão, Norma Bengell e Daniel Filho. Em 1966, as tradicionais dunas estiveram na novela 'O Sheik de Agadir', da TV Globo. Na trama, o município representava o deserto do Saara.

Nos anos de 1980, as dunas novamente marcaram presença no episódio 'Ali Babá, Emília e os 40 Ladrões', do infantil 'Sítio do Picapau Amarelo'. Em 2000, o Forte São Mateus apareceu na minissérie 'A Casa das Sete Mulheres'. Em 2004, a Praia das Conchas foi utilizada na novela 'Da Cor do Pecado' as três produções são da TV Globo.

Galeria de Fotos

Os atores Marcus Majella e Samantha Schmütz em gravação na orla Lucas Muller/Divulgação
Em 'A Força do Querer', o Largo de São Benedito, no tradicional bairro Passagem, é retratado como o centro de uma cidadezinha do Nordeste FOTOS Lucas Muller/Divulgação

Comentários