Sina sem fim: 115º policial militar é morto no estado

Mais cedo, policial civil e sua mulher também foram baleados em assalto

Por O Dia

Mais um policial militar foi morto no estado. O primeiro-sargento Alessandro Galdino Marques, do 16º Bpm (Olaria), foi abordado por criminosos enquanto abastecia o carro em um posto de gasolina na Via Dutra, em Nova Iguaçu. Galdino reagiu e acabou baleado no abdômen e nas costas. Ele foi transferido para o Hospital da Posse, mas não resistiu. Galdino é o 115º PM morto este ano.

Um policial militar da UPP Jacarezinho também foi baleado, no início da tarde de ontem, durante serviço na comunidade. Vanderlei Santos Martins, 35, foi atingido na cintura e a bala transfixou seu corpo, mas está fora de perigo.

O policial civil Hector Medina, de 39 anos, e sua mulher, Patrícia de Souza, 35, foram baleados em tentativa de assalto no Engenho de Dentro, na tarde de ontem. Hector conduzia o carro quando o casal foi abordado por cinco criminosos armados com pistolas na Rua 2 de Fevereiro, no acesso à Linha Amarela.

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, o carro onde Hector e Patrícia estavam teria feito um leve movimento devido a um declive da rua. Isso teria assustado os criminosos, que atiraram. O policial foi atingido por um tiro de raspão na cabeça e, Patrícia, com dois tiros nas costas. O casal foi socorrido no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier. O policial está estável, mas Patrícia, grave. Agentes da 24ª DP (Piedade) apuram o caso .

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro