Brasil tem recorde de ativistas mortos

Segundo a Anistia Internacional, país é um dos mais perigosos para defensores dos direitos humanos

Por O Dia

Jaison Caique Sampaio
Jaison Caique Sampaio - HRD Memorial

O Brasil tem um dos maiores registros de morte de ativistas dos direitos humanos. De janeiro a agosto de 2017, 58 defensores foram mortos no país. Em todo o ano passado, foram 66 mortes. Os dados foram divulgados ontem pela Anistia Internacional no relatório 'Ataques Letais mas Evitáveis'.

Nas Américas, 75% de todas as mortes em 2016 ocorreram no Brasil, apontado como o país mais perigoso para defensores de direitos humanos na região.

"No Brasil, quem defende o meio ambiente contra o desmatamento ilegal e quem reivindica acesso à terra enfrenta os poderosos interesses daqueles que exploram os recursos naturais e se opõem à reforma agrária", ataca o estudo, que aponta "uma tendência de piora contínua".

A coordenadora de pesquisa e políticas da Anistia Internacional no Brasil, Renata Neder, afirma que situação do país está relacionada ao "desmonte do Programa Nacional de Proteção a Defensores e à falta de investigação e responsabilização dos ataques e ameaças sofridos", o que "coloca centenas de homens e mulheres em risco todos os anos".

MORTES NO MUNDO

O levantamento estima que 3.500 ativistas morreram em todo o mundo desde a adoção da Declaração sobre Defensores dos Direitos Humanos, em 1998.

Em 2014, foram 136 registros. No ano de 2015, o número subiu para 156. Já em 2016, o aumento foi de 80%: foram mortos 281 defensores dos direitos das mulheres e de LGBTs, além de povos indígenas, jornalistas, ambientalistas e sindicalistas.

"As mortes ou desaparecimentos foram precedidos por uma série de agressões anteriores que as autoridades fecharam os olhos ou até mesmo encorajaram. Se os Estados levassem a sério suas obrigações de direitos humanos e atuassem atentamente, essas vidas poderiam ter sido salvas", alega Guadalupe Marengo, coordenadora do programa da Anistia.

Galeria de Fotos

Manoel Arruda e Maria Silva FOTOS HRD Memorial
Clodiodi de Souza Hrd Memorial
Silvino Nunes Gouveia HRD Memorial
Jaison Caique Sampaio HRD Memorial

Comentários

Últimas de Brasil