Juiz Alexandre Abrahão
Juiz Alexandre AbrahãoYoutube
Por
O juiz Alexandre Abrahão, do 3º Tribunal do Júri, decidiu ontem levar para o banco dos réus Ramon Moreira Coutinho, o Sem Nome, acusado das mortes dos flamenguistas Paulo Victor Braga Araújo e Deivison Matheus do Nascimento. Eles foram assassinados a pauladas por um grupo de vascaínos no mês passado após o jogo do Flamengo x Coritiba, no Maracanã. As vítimas tinham acabado de deixar a estação de trem de Realengo quando foram cercados por pelo menos quatro homens na Rua Bernardo de Vasconcelos. Segundo testemunhas, eles gritavam 'É a Força, toma que essa é de vocês'. Abrahão manteve a decretação da prisão preventiva de Sem Nome, integrante da Força Jovem do Vasco. No interrogatório, ele se reservou o direito de ficar em silêncio. A cultura da violência entre torcidas e o quebra-quebra no último jogo do Flamengo contra o Independiente, da Argentina, pela Copa Sul-Americana, merecem medidas mais que enérgicas por parte das autoridades. Afinal de contas, já passou da hora.
ACABA HOJE,
Publicidade
o prazo para os eleitores de Rio das Ostras realizarem o cadastramento biométrico. Atendimento na Vila Olímpica, no Village e no cartório eleitoral, no Bosque da Praia, das 10h às 18h. O município tem 91.258 eleitores.
Publicidade
PAES RECORRE AO TRE
O ex-prefeito Eduardo Paes e o deputado Pedro Paulo, que concorreu à Prefeitura do Rio, recorreram ao TRE contra a decisão que os condenou por abuso de poder devido ao uso do 'Plano Estratégico Visão Rio 500', bancado pelo município, como projeto de governo na campanha de 2016. Por enquanto, eles estão inelegíveis por oito anos e têm que pagar multa R$106,4 mil. Alegaram que Pedro Paulo tomava conta do Plano desde 2009.
Publicidade
MANDADOS EM JOGO
Publicidade
O Tribunal Regional Eleitoral julga hoje a cassação dos prefeitos de Laje do Muriaé, Rivelino Bueno, do PP, e de Mendes, Rogério Riente, do PP. Bueno por abuso de poder e Riente por fraude na cota mínima de mulheres da Coligação 'Mendes para Frente', na qual concorreu.
Publicidade
PRORROGAÇÃO
Corre à boca miúda que a OAB prorrogará as suspensões de Adriana Ancelmo e do ex-procurador Marcello Miller por mais 90 dias. Atualmente, eles estão suspensos pelo mesmo período, mas quando terminar, o pedido de prorrogação será enviado ao Conselho Nacional.
Publicidade
Também sem salário
Publicidade
Condenado em 2016 a mais de dez anos por desvios de R$ 10.863.486,30, o coronel do Exército Airton Quintella de Castro Menezes perdeu o posto, a patente e aposentadoria de quase R$ 30 mil, como determina o Estatuto dos Militares. O martelo é do Superior Tribunal Militar.
Publicidade
CALOTE VASCAÍNO
O juiz Rossidélio Lopes, da 36ª Vara Cível, condenou o Vasco a pagar R$ 652.406,98, mais juros e correção, a Andrade e Pires Consultoria. Entre julho de 2008 e maio de 2009, a empresa foi contratada para serviços administrativos e de segurança, mas nada de dindim.
Publicidade
RUMO À ACELERAÇÃO PROCESSUAL
Felipe Santa Cruz
Felipe Santa CruzReprodução
Publicidade
A Justiça Federal e a Ordem dos Advogados do Brasil deram as mãos para acelerar a tramitação dos cinco milhões de processos. A partir de março será implantado novo modelo de sistema eletrônico processual. A Ordem vai treinar até junho os advogados que poderão transformar seus processos em procedimento eletrônico na entidade, além de digitalizar quatro mil. A parceria foi selada ontem entre presidente da OAB, Felipe Santa Cruz (foto), o presidente do Tribunal Regional Federal 2, André Fontes, e Corregedora Nizete Lobato.