Número de oportunidades deve chegar a 23,4 mil neste final de ano

Por O Dia

Levantamento feito pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), pelo Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDLRio) e pela Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem), apontam para 23,4 mil contratações temporárias neste final de ano no Rio de Janeiro. Dados da CNC apontam para 6,4 mil, da CDLRio 10 mil e da Asserttem para 7 mil.

De acordo com a CDLRio, o maior número de contratações deve se concentrar em vestuário (48,9 mil vagas) e nos setores de hiper e supermercados (10,4 mil vagas).

"Mesmo com o atual cenário da economia no estado, o resultado da pesquisa reflete a esperança da expectativa de vendas para o Natal - a grande data comemorativa para o comércio, que representa 30% do faturamento do ano, e também porque precede a alta temporada do verão, que é a estação mais importante para a economia carioca. A combinação desses fatores motivaram essa estimativa de contratação de temporários", diz o presidente do CDLRio, Aldo Gonçalves.

De acordo com Asserttem, a expectativa de abertura de postos é 5,5% maior se comparado ao mesmo período do ano passado.

Segundo levantamento da associação, a previsão de vagas temporárias em todo o país, só em dezembro, chega a 115 mil oportunidades, apresentando recuperação de mais de 6 mil postos de trabalho. Das chances previstas no Brasil, 20% deverão ser destinadas ao primeiro emprego de jovens e 5% podem se tornar vagas efetivas.

Comentários

Últimas de Economia