15 SOLDADOS DA ONU MORTOS

Por O Dia

Quinze soldados da missão da ONU foram mortos e mais de 53 ficaram feridos durante ataque na República Democrática do Congo ontem. O grupo rebelde muçulmano Uganda ADF foi o responsável.

Segundo o Conselho de Segurança, foi o pior ataque sofrido pela organização internacional em sua história recente.

Os confrontos entre o governo e as milícias se intensificaram este ano. O mandato do presidente Joseph Kabila, no poder desde 2001, terminava em dezembro de 2016, mas novas eleições só serão convocadas em 2019.

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência