Operações do Bope deixam 2 mortos

Por O Dia

Duas pessoas foram mortas ontem durante operações do Bope em comunidades que contam com Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). Na Rocinha, moradores acordaram assustados com a intensa troca de tiros. Segundo a PM, após o confronto com criminosos, os policiais encontraram o corpo de um suspeito na localidade conhecida como Morcega. A corporação informou que vítima usava uma bermuda com os dizeres "Amigos do Rogério 157". Os policiais disseram ainda que foi apreendido um fuzil Ak-47.

Pelas redes sociais, moradores divulgavam que a vítima seria o adolescente identificado como Guilherme, de 15 anos. De acordo com os relatos, o jovem teria sido baleado enquanto jogava futebol com amigos em um campo. A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da morte.

Em Santa Teresa, o Bope também fez ação no morro do Fallet. Segundo a PM, após confronto com bandidos, os policiais apreenderam três pistolas e munições. Um suspeito foi morto durante a troca de tiros. A DH também investigará o caso. Policiais e criminosos trocaram tiros na comunidade Santa Marta, na Zona Sul. Conforme a PM, o confronto ocorreu durante patrulhamento na localidade conhecida como "BR". Ninguém ficou ferido e nenhuma prisão ou apreensão foi registrada.

Comentários