'New York Times' ataca Moro e defende eleições com Lula

s

Por O Dia

O jornal americano 'The New York Times' divulgou ontem um artigo de opinião do economista Mark Weisbrot em que prevê um futuro político nebuloso para o Brasil caso o ex-presidente Lula seja impedido de disputar as eleições.

Weisbrot afirmou que não existe ilusão de que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região seja imparcial. Isso porque o desembargador Carlos Henrique Thompson, presidente da Corte, já elogiou a sentença dada pelo juiz Sergio Moro. Além disso, lembrou que o chefe de gabinete de Thompson publicou no Facebook uma petição pedindo a prisão de Lula.

"O juiz Moro organizou um espetáculo para a imprensa, em que a polícia apareceu na casa do Sr. Da Silva e levou-o para interrogatório, mesmo após ter dito que iria voluntariamente".

O economista completou que as evidências contra Lula estão "muito abaixo dos padrões que seriam levados a sério, por exemplo, pelo sistema judicial dos EUA". "A evidência contra o Sr. Da Silva baseia-se no testemunho de um executivo da OAS condenado, José Aldemário Pinheiro Filho, que teve a pena de prisão reduzida em troca da colaboração", criticou Mark.

 

Comentários

Últimas de Brasil