Corpo encontrado em área de deslizamento em Mariana é identificado

Aílton Martins dos Santos, é a 18ª vítima que morreu em consequência da Barragem de Fundão; ele era funcionário da Samarco

Por O Dia

Mariana - O corpo encontrado nessa quarta-feira, na barragem da Samarco que se rompeu em 5 de novembro do ano passado, em Mariana, é o de Aílton Martins dos Santos, de 55 anos, funcionário da Integral Engenharia, prestadora de serviço da mineradora. A informação é da Polícia Civil.

Aílton Martins dos Santos%2C de 55 anos%2C vítima do desastre em Minas%2C foi identificado pela Polícia CivilReprodução

A identificação foi feita durante a noite pela família no Instituto Médico Legal (IML) da cidade. Santos é a 18ª vítima confirmada da tragédia. Uma pessoa, Edmirson José Pessoa, de 48 anos, continua desaparecida.

O corpo foi localizado dentro de um caminhão-pipa após escavações das equipes de busca.

O ex-presidente da Samarco, Ricardo Vescovi, e toda a cúpula da empresa, que pertence à Vale e à BHP Billliton, foi indiciada pela Polícia Civil por 19 homicídios. Depois da tragédia, todos foram afastados do comando da mineradora.

Em nota, a polícia informou que o reconhecimento do corpo foi possível por sinais de uma cicatriz, o cabelo e roupas. "Além disso, o prefixo do caminhão onde ele foi encontrado é o mesmo que a polícia já tinha como sendo o que ele dirigia no dia da tragédia", diz o texto. Santos será enterrado no município de Catas Altas, Região Central de Minas, onde morava.

O Ministério Público ainda não se posicionou sobre a conclusão das investigações da Polícia Civil. Procuradores e promotores defendem que a aceitação do indiciamento, decisão hoje a cargo da Justiça em Mariana, seja feita pela Justiça Federal.

Últimas de Brasil