Romário afirma que Dilma cometeu crime de responsabilidade fiscal

Senador afirmou analisou processo cuidadosamente e que não apoiar medidas que retirem direitos pelo trabalhador com suor

Por O Dia

Brasília - O senador Romário (PSB-RJ) fez um rápido discurso nesta quarta-feira para explicar seu voto pela admissibilidade do impeahment da presidente Dilma Rousseff. Segundo ele, a decisão teve base no clamor popular, mas também em muito estudo de todo o processo. "Houve sim crime de responsabilidade fiscal", afirmou sobre o relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG).

Em discurso%2C senador Romário (PSB-RJ)Divulgação / Agência Senado

Sobre o apoio ao governo do vice-presidente Michel Temer, Romário comentou: "Eu não apoiarei medidas que retirem direitos do trabalhador conquistadas com suor", afirmou ele. "É pelas mãos do trabalhador que sairemos dessa crise", encerrou ele.


Últimas de Brasil