Operação policial mira célula do PCC

Polícia Civil e Ministério Público, de São Paulo, cumprem mandados de prisão e busca e apreensão na manhã desta segunda-feira

Por O Dia

São Paulo - Uma célula da facção Primeiro Comando da Capital (PCC) é alvo de operação da Polícia Civil e Ministério Público de São Paulo, na manhã desta segunda-feira. São cumpridos 31 mandados de prisão e cerca de 60 de busca e apreensão em São Paulo, no distrito de Cidade Tiradentes, na zona leste, e Guarulhos, na Região Metropolitana.

Câmeras de segurança da Guarda-Civil Metropolitana divulgadas pela Prefeitura mostram homens armados e a venda de drogas na região da CracolândiaReprodução

Até às 8 h, oito pessoas já haviam sido presas, conforme o 4º Distrito Policial de Guarulhos, que conduz as investigações há quase um ano.

Cerca de 280 policiais em 120 viaturas participam da operação, batizada de Inconfidentes em razão de o maior número de criminosos atuar na região de Tiradentes. Um helicóptero e equipes da capital apoiam a ação, deflagrada no início do dia. Os suspeitos com prisão temporária decretada são acusados de tráfico de drogas e roubos.

A operação deve se estender ao menos durante a manhã, coordenada pelo delegado Fernando Santiago. O Ministério Público participa com representantes do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco).

Últimas de Brasil