Demóstenes Torres embolsa R$ 2,6 milhões sem trabalhar

O político tinha fama de duro contra a corrupção e acabou caindo por sua atuação em favor do bicheiro Carlinhos Cachoeira

Por O Dia

Brasília - Depois de ter o mandato parlamentar cassado e de ser afastado do Ministério Público, em 2012, o ex-senador Demóstenes Torres vem recebendo dos cofres públicos, sem trabalhar, R$ 45 mil mensais em média.

O político que tinha fama de duro contra a corrupção e acabou caindo por sua atuação em favor do bicheiro Carlinhos Cachoeira, recebeu R$ 2,6 milhões, segundo o site Congresso em foco.

Demóstenes tenta anular o seu processo de cassação, que o tornou inelegível até 2027, para tentar voltar a disputar eleições em Goiás. A base do pedido é a invalidação como prova das gravações das que o flagraram em conversas com Cachoeira.

Últimas de Brasil