Esplanada: maioria da sociedade aprova legalização dos jogos

Sondagem nacional inédita da Paraná Pesquisas foi encomendada pela Coluna

Por O Dia

Rio - Uma sondagem nacional inédita da Paraná Pesquisas, encomendada pela Coluna, revela que a maioria da sociedade – com pequena diferença – quer a legalização dos jogos com a volta de bingos e cassinos. Apesar do leve viés de aprovação, os números mostram que a sociedade está dividida: 45,6% são a favor e 43,4% são contra sobre a volta dos bingos; e em relação aos cassinos há um empate técnico: 45,7% a favor e 45,5% contra.

As mulheres têm mais resistência. Só 35,2% delas são a favor dos bingos e 34,1% pelos cassinos. Ao contrário dos homens, cuja maioria aprova a volta dos jogos: 57,7% querem a volta dos cassinos e 56,8% são a favor das casas de bingos.

Fator social

De acordo com Murilo Hidalgo, presidente da Paraná, há um fator social e religioso contra a legalização dos jogos; e a maioria dos que aprovam são de classe média.

Fator social 2

Segundo Hidalgo, os de baixa renda acham que os pobres vão perder dinheiro e só ricos vão ganhar. E a ação contrária da Igreja católica e das evangélicas influencia na decisão. 

Indecisos

Sobre a volta ou não dos bingos, 5,3% se mostraram indiferentes e 5,8% não sabem ou
não opinaram; em relação aos cassinos, os índices foram 5,1% e 3,7% respectivamente.

Faixa etária

Há um dado curioso. Em 4 das 5 categorias de faixa etária– entre 16 e mais de 59 anos – a maioria é a favor dos jogos. Mas os acima de 60 anos são contra.

Perfil

A pesquisa foi online com 2.802 pessoas entre os dias 15 e 17 de agosto, com margem
de erro de 2 pontos percentuais. Foram 1.345 homens (48%) e 1.457 mulheres (52%).

Radiografia

Foram registradas 1.205 entrevistas na região Sudeste, 757 no Nordeste, 422 na macrorregião Norte-Centro Oeste e 418 pessoas que responderam são da região Sul.

Vacca no curral

Não é só Paulo Roberto Costa quem complicou a vida de Cândido Vaccarezza, o ex- líder do PT preso na Lava Jato. Ele figura também na lista do lobista Jorge Luz, ainda detido na operação. Há 4 anos foram flagrados saindo a pé do Aeroporto Santos Dumont em direção à Petrobras no Centro do Rio.

Avante, LJ!

O Avante (ex-PTdoB) é o partido de Vaccarezza, no qual se filiou há poucos meses. Pelo visto, não adiantou trocar de legenda. E o Avante agora tem representante na LJ.

Pós-Poder

Ex-ministro de Lula e de Dilma Rousseff, um dos maios poderosos do inquilinato petista no Palácio, Giberto Carvalho vendeu seu apartamento para pagar contas.

Lula no Norte

Gilbertinho, como é chamado pelo chefe, faz tour pelo Norte do País com precursora para uma caravana do presidenciável pelas capitais da região após o roteiro do Nordeste.

Cidadania

Exemplo de política de Estado, e não de Governo, a Escola do Legislativo da Assembleia do Amapá abre programação de cursos a servidores da Casa e do Judiciário, e lançará curso de libras para os funcionários.

Passageiro sofre

A Gol deixou para trás ontem em Cumbica (Guarulhos) mais de 15 passageiros que desembarcaram de Curitiba para uma conexão pela manhã. Uma delas só embarcou para Manaus às 21h. As atendentes justificaram que não dariam tempo de embarcarem na conexão pela distância entre os portões, mas todos desconfiam de overbooking.

Devo sim..

O deputado Wladimir Costa (SD-PA) confirmou que deve aos cofres da União R$ 380 mil em dividas eleitorais. Disse que já pagou parte e pediu parcelamento do restante.

Ponto Final

“O Distritão consegue piorar nosso já injusto sistema eleitoral”, do deputado Chico Alencar (Psol-RJ)

Últimas de Brasil