Jazz e blues em janeiro e fevereiro na Tenda CCBB

‘Quinta na Tenda’ traz Nova Lapa Jazz e tributo a Celso Blues Boy

Por O Dia

Rio - Escalas e improvisos tomam conta da Tenda CCBB, montada pelo Centro Cultural Banco do Brasil, a partir de amanhã, com o ‘Quinta na Tenda — Jazz e Blues’. O projeto é aberto pela galera do Nova Lapa Jazz, formada por Iuri Nicolsky (sax), Gabriel Ballesté (guitarra), Pablo Arruda (baixo) e Antonio Neves (bateria) e Diogo Gomes (trompete). 

Nova Lapa Jazz traz sons autorais e recorda J. T. Meirelles, abrindo a série de shows nesta quinta-feiraDivulgação


Conhecido pelos shows de jazz que realiza nas ruas do bairro boêmio, o grupo vai de músicas de jazzistas como Herbie Hancock às do brasileiro J.T. Meireles (1940-2008). E também apresenta temas autorais.

Na quinta que vem, dia 6 de fevereiro, o bluesman e gaitista Jefferson Gonçalves lança seu boxe de CD e DVD ‘Encruzilhada’. E convida amigos como o cantor cearense Geraldo Junior e os músicos André Sampaio (guitarrista do grupo de reggae Ponto de Equilíbrio) e Laudir Oliveira (percussão). Na abertura, o grupo Big Phat Mama e, antes e após o show, o DJ Alexandre Almeida, do coletivo Amo Vinil.

“Vai ser uma grande festa. O Laudir, nos anos 70 e 80, tocou com meio mundo, de Michael Jackson a Chicago, e o DJ vai fazer todo mundo dançar com várias músicas em que Laudir tocou”, adianta Jefferson. “E a Tenda CCBB é hoje o espaço democrático que um dia o Circo Voador foi. Hoje quase não tem blues ou rock progressivo no Circo. Na Tenda já teve até festival de tango.”

O evento traz ainda o Guto Goffi Quinteto — liderado pelo baterista do Barão Vermelho, contando com músicos como Mimi Lessa (guitarra), no dia 13. No dia 20, Jefferson volta ao palco, junto com nomes como Big Joe Manfra (guitarra) e Roberto Lly (baixo) para homenagear o bluesman Celso Blues Boy (1956-2012). No dia 27, o Rubens Leite Trio, liderado pelo baixista, encerra o ciclo de shows de jazz e blues.

Últimas de Diversão