Flávio Ricco: Pouco caso com a imagem

A repetição dos mesmos comerciais, anunciantes, os mesmos institucionais do governo federal, e as mesmas chamadas dos mesmos programas, é tortura para o telespectador

Por O Dia

Rio - Que a Band está num momento difícil, todo mundo sabe. E respeita. Assim como há o entendimento que não existem recursos para se investir em programação e o que tem aí é, com muito esforço, o que dá para fazer. No entanto, cuidar da sua própria imagem não custa absolutamente nada. Basta ter vontade. Assistir a longos intervalos comerciais é maçante. Agora, assistir a longos intervalos comerciais, com as mesmas peças publicitárias durante meses, é insuportável.

No ‘Jornal da Band’, aquele que deve cuidado e apresentado como seu principal produto, até as vinhetas da casa são as mesmas de sempre.

Vai dia e vem dia, vai semana e vem semana, com a eterna repetição dos mesmos comerciais, dos mesmos anunciantes, as mesmíssimas peças institucionais do governo federal, e as mesmas chamadas dos mesmos programas.

É tortura. Isso, além da falta de respeito com quem assiste a ela, tem outro nome: pouco caso.

Trágico

Metade de novembro e a Record ainda não tem sua programação de 2017. Por mais absurdo que pareça, não existe decisão nenhuma sobre o que irá ao ar a partir de fevereiro.

Põe no papel

Quanto tempo se perdeu até agora na tentativa de convencer Geraldo Luís a apresentar um programa, todas as noites, em 2017, como se isso pudesse ser a salvação da lavoura. Ele já disse que não pode, não quer e não vai fazer.

Barata voa

E como não existe a decisão do Geraldo, os futuros da Xuxa e Gugu também permanecem incertos. Silvio Santos, aos mais próximos, já disse que tem respeito por Edir Macedo, mas se precisar não irá economizar para tirar alguém da Record.

Alvos definidos

Os nomes que Silvio Santos nunca escondeu que poderiam vir a ser soluções para o SBT são os de Marcelo Rezende, Luiz Bacci e Geraldo Luís. Os três, em comum, têm programas que sempre pegam do zero e servem de alavancas importantes na programação.

Calma nessa hora

Walcyr Carrasco ficou de entregar a sinopse da sua nova novela no começo de dezembro. Está trabalhando nela. Só a partir daí é que ele, a teledramaturgia da Globo e o diretor Mauro Mendonça Filho irão concentrar esforços na escalação do elenco.

Prioridade é dela

A Globo, naquilo que diz respeito a escalações, tem usado de cuidados e procurado respeitar a ordem. Como, depois de ‘A Lei do Amor’, será a vez da Glória Perez, a preferência é dela na escolha dos atores que julgar necessários.

De qualquer forma

Em todas as ocasiões, inclusive em manifestações nas redes sociais, Walcyr nunca escondeu sua preferência em trabalhar com determinados atores. Aqueles que têm a sua confiança. Flávia Alessandra, Elizabeth Savala, Bianca Bin, Rainer Cadete, Drica Moraes e Marieta Severo são alguns desses.

No ponto

Sempre é tempo de falar da estreia do Muricy Ramalho, no SporTV, comentando Brasil e Argentina. Usou linguagem simples, foi objetivo e conciso, com a franqueza de sempre e bem promovido pelos companheiros Luiz Carlos Jr. e Maurício Noriega. A sua contratação foi uma bela sacada da direção do canal.

Bate rebate

Anitta está muito bem, agora, no Multishow. Renovou contrato para apresentar o ‘Música Boa ao Vivo’ em 2017 e também vai seguir um roteiro internacional. Só que ela também deixou uma porta muito aberta, fala-se até em escancarada, no SBT...

... Silvio Santos fez vários elogios à cantora, no ar e nos bastidores do Teleton. Tempo ao tempo.

Gugu na semana passada, veio rapidamente ao Brasil, apresentou seu programa na Record, gravou outros e já viajou de volta para os Estados Unidos.

São muitas as especulações em cima do que poderá acontecer no SBT, após a saída do Raul Gil, no final de dezembro...

...Mas, por enquanto, a direção da casa vem usando de cuidados. Apenas anuncia que não tem nada decidido.

Conversa do Jô Soares com Silvio Santos parou na conhecida questão do pedido de entrevista. Permanece indefinido o futuro do Jô, após o fim do seu programa na Globo em 18 de dezembro.

Últimas de Diversão