Com exibição de documentário, Portela realiza debate sobre imigração

'O Rochedo e a Estrela', de Katia Mesel, será exibido neste sábado. Águia levará à Avenida enredo sobre a importância de imigrantes

Por O Dia

Rio - A Portela promoverá, no próximo sábado, dia 26, o Cine Samba Candeia, onde será exibido o documentário "O Rochedo e a Estrela", dirigido por Katia Mesel. O filme aborda a expansão do judaísmo em Pernambuco durante o domínio holandês no século 17, tema que fará parte do enredo da Águia para o Carnaval de 2018, "De Repente de Lá Pra Cá e Dirrepente de Cá Pra Lá...", da carnavalesca Rosa Magalhães.

Cena do documentário "O Rochedo e a Estrela"%2C da cineasta pernambucana Katia MeselDivulgação

Após a exibição do filme, haverá uma mesa de debate com a presença da própria cineasta, além do escritor e historiador Luiz Antonio Simas, o professor e pesquisador João Baptista Vargens, e Fábio Pavão, integrante da comissão de Carnaval da escola.

Katia Mesel comemorou a escolha do enredo da Portela e a mesa de debate. "Para mim, é mais do que um sonho tornado possível, é um sinal de que a força da liberdade, da tolerância, do acolhimento tudo transforma, e continua atual dentro do nosso desejo de igualdade, harmonia e compreensão", afirmou a diretora.

O diretor cultural da Portela, Rogério Rodrigues, afirma que o evento é uma forma da comunidade entender melhor o enredo. "Uma das funções do nosso segmento é dar lastro cultural ao tema da escola, compartilhar com a comunidade conhecimento e informações que vão servir para as pessoas, bem como para o componente entender melhor sobre o que se trata a história que ele vai representar na Sapucaí", justificou.

Antes do filme, a Portela fará uma oficina gratuita de dança de mestre-sala e porta-bandeira, ministrada pela Associação Cultural Madureira Toca e Dança.

A quadra da agremiação fica na Rua Clara Nunes, número 81, em Madureira, na Zona Norte da cidade. A entrada é franca e a classificação etária é livre.