Johnny Depp tem problemas com Justiça australiana por causa de cães

Ator não declarou a entrada de seus dois bichinhos de estimação no país e eles podem ser sacrificados

Por O Dia

Rio - O ator Johnny Depp está em litígio com a Justiça da Austrália por causa de seus dois cachorros. De acordo com a imprensa local, o ator entrou com os bichinhos de estimação no país sem declarar às autoridades de quarentena. Caso o ator não tire os cachorrinhos do país, Boo e Pistol podem ser sacrificados.

Johnny DeppReprodução Internet

Depp está na Austrália com seus dois cães da raça Yorkshire terrier desde o mês passado, quando chegou ao país em seu avião particular para filmar uma sequência do filme "Piratas do Caribe". De acordo com as autoridades locais, o ator pode embarcar os bichinhos no mesmo avião e mandá-los de volta para os Estados Unidos.

Segundo funcionários do Ministério da Agricultura, a entrada de qualquer animal no país tem que seguir as regras de importação. Caso isso não aconteça, será ordenada a colocação dos animais em quarentena para sua posterior retirada do país ou para que sejam sacrificados. 

"Só porque se trata de Johnny Depp não se pode fazer uma exceção à lei", disse Barnaby Joyce, ministro de agricultura australiano. "Se não levarem Boo e Pistol de volta, vamos ter de sacrificá-los", completou o ministro.

Últimas de Celebridades