Sucesso nos Negócios: Veja os benefícios para o empreendedor

Confira passo a passo como se formalizar como MEI

Por O Dia

Rio - Com o recrudescimento da retração da atividade econômica e a queda do emprego formal, muitas pessoas estão buscando no empreendedorismo uma saída para garantir renda e qualidade de vida. De acordo com o Portal do Empreendedor, o Estado do Rio de Janeiro tem 700 mil microempreendedores individuais, sendo que a cidade do Rio abriga 40,7% deste total. Para quem ainda tem dúvida, a recomendação do especialista é a formalização. Além de garantir uma série de benefícios, como auxílio-doença e aposentadoria, e de evitar problemas com a fiscalização, ter um CNPJ possibilita ao empreendedor vantagens na compra de insumos e obtenção de crédito e empréstimos, entre outras facilidades. Confira passo a passo como se formalizar como MEI.

PERGUNTA E RESPOSTA

“Olá, faço muito sucesso com meus salgadinhos em festas infantis. Meus amigos me incentivam a expandir meu negócio e dizem que eu deveria me formalizar e trabalhar para empresas. Será que vale a pena? Sai caro? Como eu posso faço isso?” , Sandra Soares, Tijuca

Prezada Sandra, vale a pena se formalizar sim e, com a redução da burocracia, ficou muito fácil se cadastrar como Microempreendedor Individual (MEI). O MEI é a pessoa que trabalha por conta própria e se legaliza como pequeno empresário.

Para se cadastrar como MEI, você só pode ter faturamento de, no máximo, R$60 mil por ano.
Além disso, o MEI não pode ter participação em outra empresa como sócio ou titular. E ele só deve ter um empregado contratado.

Para se formalizar é fácil. O cadastro é feito pela internet. Basta acessar o Portal do Empreendedor: www.portaldoempreendedor.gov.br e preencher os dados. O MEI está enquadrado no Simples Nacional e também é isento do pagamento de impostos federais.

Assim, você recolherá apenas um valor fixo mensal de, no máximo, R$50. É importante lembrar que o boleto de pagamento não é mais enviado pelos Correios. Você deve baixar o Documento de Arrecadação Simplificada (DAS) no Portal do Empreendedor ou fazer o download do aplicativo gratuito Qipu (https://www.qipu.com.br/) para telefone celular.

Ao se regularizar, Sandra, você obterá um CNPJ e poderá abrir conta bancária e conseguir crédito para investir no seu negócio, se for o seu caso. Além disso, tem uma vantagem: poderá negociar melhores prazos de pagamento com fornecedores. E mais: terá acesso a benefícios como auxílio-maternidade, auxílio-doença e aposentadoria.

Mas lembre-se, procure conhecer as regras sanitárias de manipulação de alimentos para preservar a qualidade dos seus salgadinhos.Em caso de dúvidas, entre em contato com a nossa Central de Relacionamento, no telefone 0800 570 0800. Então, aproveite as ferramentas e os cursos do Sebrae/RJ que ajudam o Microempreendedor Individual a ser lucrativo e ter sucesso como empresário.

Últimas de Economia